Para ficar de Olho em 2020 no Digital

Alexandre Kavinski

07 Janeiro 2020
0 Comments

 

Por Alexandre Kavinski, CMO na i-Cherry

 

1.    Dia 16 de Agosto (se não for adiada para 2022) entra em vigor pra valer a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil e vai dar o que falar. Você já está preparado?

2.    Muita especulação do papel do digital e especialmente da influência do Facebook nas eleições para prefeito no Brasil e para presidente nos EUA. O mundo vai estar de olho.

3.    Cyberterrorismo e cyberataques devem ser capa de notícias, especialmente agora com as intervenções dos EUA no Irã.

4.    Ainda não vai ser o ano da voz e as pessoas finalmente vão parar de falar que 50% das buscas em 2020 serão por voz, notícia erroneamente atribuída ao eMarketer.

5.    Na Black Friday brasileira veremos uma verdadeira batalha das grandes marcas no marketing ao vivo, puxadas especialmente pelo sucesso das ações das Lojas Americanas com YouTube e de Magazine Luiza com a Globo em 2019.

6.    Amazon vai lançar oficialmente suas soluções de mídia no Brasil e teremos mais um concorrente de peso para Google e Facebook na publicidade digital especialmente para o varejo.

7.    Depois da Loft, que se tornou o primeiro unicórnio brasileiro de 2020, são 9 as startups que encabeçam a lista para o restante do ano: CargoX, QuintoAndar (que entra no mercado de venda de imóveis em 2020), Resultados Digitais, Creditas, Neoway, Guiabolso, Grow (Yellow + Grin), Loggi e Conta Azul.

8.    Muito vai se falar do 5G no Brasil, mas a tecnologia só deve chegar pra valer em 2023.

9.    Para ficar de olho: Nova licitação do aeroporto de Viracopos pode colocar Alibaba no páreo novamente e resultado da licitação dos Correios, que tem entre seus candidatos a Amazon.

10. Veremos forte migração dos investimentos em mídia off-line migrando para on-line no Brasil.

E você, já tem seus palpites? Discorda de alguma previsão? Comenta aí.

Alexandre Kavinski

Pioneiro do mercado de search no Brasil, Kavinski é Chief Marketing Officer (CMO) da i-Cherry, agência de gestão de audiência do grupo WPP. Atua no mercado digital desde 1997, nos primórdios da internet. É pioneiro em Search Marketing e fundou a sua primeira agência de performance em 2000. Já atendeu diversas companhias ao longo de sua trajetória, ajudando marcas como Coca-Cola, Microsoft, Avon, Americanas, Ford, J&J, 3M e MasterCard. Após uma temporada de 4 anos no mercado americano, onde desenvolveu a área de Performance Marketing, incluindo search, social e mídia programática da Mirum EUA voltou ao Brasil no início de 2019 para aplicar novas práticas e processos na i-Cherry.

Comentários